Descubra todos os benefícios da massagem desportiva

Descubra todos os benefícios da massagem desportiva

Massagem desportiva – o que é? 
A massagem desportiva consiste numa série de movimentos profundos que têm como objetivo a reconstrução das fibras musculares, a prevenção de lesões e a regeneração física do atleta. A intensidade varia de um ritmo forte e intenso a uma massagem mais lenta e precisa, conforme o objetivo em questão. No caso de uma recuperação de uma competição, as duas técnicas são aplicadas com finalidades distintas.
A fadiga muscular após a prática desportiva é comum entre atletas e tem consequências que vão desde a dor, processos inflamatórios, espasmos musculares, contraturas, fadiga até lesões mais graves. Um treino intenso pode comprometer várias estruturas do corpo, nomeadamente tendões, ligamentos e tecidos moles – aumentando o cansaço e exaustão física.
 
Porque é tão importante fazer? 
Ao combinar o repouso com uma massagem de relaxamento desportiva, reduzirá o tempo necessário de descanso entre treinos e melhorará a performance a todos os níveis.
A massagem promete melhorar a circulação sanguínea e o consequente transporte de oxigénio para os músculos, diminuindo a fadiga e cansaço extremo. A drenagem linfática acelera o processo de regeneração e ainda purifica o organismo através da eliminação de toxinas e resíduos metabólicos. A técnica previne o aparecimento de cãibras, melhora a mobilidade articular e reduz edemas e inflamações.
Para além da regeneração, a massagem é relaxante, promovendo o bom descanso do atleta após o treino.

Com que frequência deve fazer? 
A frequência ideal é de pelo menos uma vez por semana. Se faz deporto de competição, o ideal será aumentar a frequência para duas vezes semanais ou até mesmo, sempre após os treinos. Isto poderá fazer diferença caso esteja a preparar-se para uma prova. Deverá ser realizada por terapeutas profissionais especializados na técnica e é contra indicada em caso de problemas de saúde como doenças cutâneas, feridas, problemas circulatórios ou lesões agudas.

 

Fonte: Lifestyle